segunda-feira, 23 de outubro de 2017

A COMEDIA DIVINA - CRITICA

Resultado de imagemMe doí muito ter que fazer uma critica negativa a um filme nacional, principalmente por que eu conheço a realidade e sei das dificuldades de se produzir um filme no Brasil, mas a nova obra do diretor Toni ventura, perde a mão do incio ao fim.
Para nos aprofundar, vamos discutir em tópicos.

Roteiro:
A historia é simples e peca muito quanto narrativa cinematográfica, parece que ela fora escrita para uma mídia totalmente diferente da do cinema, talvez uma novela, ou quem sabe um seriado( e essa minha impressão ganha mais foco quando percebemos que a própria globo lançou esse ano na Tv a serie Vade retro, que contem muitos pontos similares com o filme, incluindo a própria atriz protagonista ). Outro ponto negativo do roteiro é o excesso de Voz em off para explicar coisas que estão em cina, indo contra uma da regra primordiais do cinema "mostre, mas não fale".

Atuações:
São atuações simples e sem nada de mais, os atores muitas vezes transmitem a impressão de que estão lendo o roteiro. Porem para a historia apresentada, as atuações são compatíveis, infelizmente. 

Fotografia:
Algo genérico, tipico de televisão ou especificamente, novelas   da globo. O que não é demérito, muitos filmes bons usam fotografias básicas,  acredito que o maior problema foi como ela foi atribuída. 
Trilha musical:
A trilha musical é bem esquecível e  novamente, parece pensada para a tv e não para o cinema, e em muitos momentos , parece que uma mixagem, poderia ter salvado esse quisto.

Efeitos especiais:
A pior coisa no filme, muitos deles feitos nas cochas, principalmente os de fogo, a impressão que temos é que quem fez ficou ou muito limitada pelo orçamento, ou não sabia saber e estava aprendendo vendo videos no youtube na mesma hora que praticava fazendo. 

Conclusão, é um filme com grande potencial que fora desperdiçado,  talvez pela semelhança com a serie vade retro,  e pelo orçamento . Uma forma de salva-lo seria, corta-lo em episódios e transmitir como uma serie ou similar. Afinal era uma grande premissa pra pouca execução. 


Nota de 0 a 5

2,0 pois por mais que tenha seus problemas, alguma poucas questões apresentadas no roteiro, valem a reflexão, porem são as mesmas questões de  series como a própria Vade retro e Lucifer. E como é um filme nacional e eu sou um grande apoiador, vou dar mais 0,5 por isso. 
total: 2,5  

Nenhum comentário:

Postar um comentário